Nervos, depressao e nao se mais

Gosta de ter uma ajuda de um medico psiquiatrico nem que fosse somente por email, pois infelizmente estou no estrangeiro, e aqui a medicina nao se compara nada com a de Portugal, estamos 10 anos atrazados em medicina, este talvez seja um dos meus grandes problemas.
Tenho tido varias doencas e os medicos so conseguem detectar ao fim de 6 meses, bem se pode morrer.
Agora como eu ja era uma pessoa doente de nervos em Portugal, tive 2 crises em 1973, e depois novamente em 1982, e nunca fiquei curada, porque me mudei de Portugal em 1987, continuei com o tratamento que estava o que infelizmente nunca mais consegui sair dele ate hoje tomo Lexotan 6mg de manha e de noite, provalvelmente este medicamento ja pouco faz efeito e estou de dia para dia pior, O meu medico de clinica geral ja me deu varios medicamentos para depressao nervosa mas nao noto alteracao nenhuma. Alguns ainda me sinto mais mal.
Vivo so, tenho 2 filhos mas nao vem aqui muito frequente, nao tenhos amigos, me sinto muito so.
Agravar sou clastrofofia, panic ataques, e actual nao consigo ouvir os meus netos gritarem a brincar quando vem aqui eu fico muito cansada, e a seguir da-me sono e tenho de ir dormir. Tenho 61 anos na minha maneira de pensar nao me sinto com 61 anos mas o problema e que tive de deixar de trabalhar pois fico muito cansada e anxiosa para vir para casa, so aqui me sinto bem, maior parte dos dias nao saiu de casa, se tenho de ir a algum lado que me mancam, nao acordo de manha chego a acordar so ao meio dia, quando isto acontece levanto-me com a sensacao que trabalhei a noite toda, quero dizer sinto -me cansada e o corpo durido, penso que seja os musculos. O meu medico nao me quer mandar para um psiquiatra diz que nao perciso o problema e que tambem nao tenho dinheiro para ir a um medico desses. Ja me custa a comprar o Lexotan que custa a volta de 80 Eur. na moeda da Europa,
nao sei que fazer nao quero voltar a ter um esgotamento celebral como tive em 1982 em Portugal, mas ai eu tive 2 bons medicos que me trataram.
Por favor sera possivel dar-me uma ideia ou um concelho, para me ajudar a viver com todos estes problemas que tenho.
UM MUITO Obrigado
Teresa