Incompetência médica nos hospitais públicos

Na quinta feira passada,dia 25 de outubro,fui ás urgências porque tinha muitas dores na boca,no lado direito,ao comer,ao falar,e ao abrir e fechar a boca.Fui atendida por uma médica,que me disse que eu tinha um obssesso,disse me que como estava inchado era uma pequena cárie que eu tinha,daí as dores.Receitou me um antibiótico(PENILAN DT e um anti inflamatórios(NIMESULIDA LABESFAL).A médica ainda foi atenciosa,porque ofereceu me um dos serviços de um colega seu que era dentista e que a pedido dela ele talvez poderia atender me na segunda feira,ou na terça,não poderia ser antes porque o antibiótico tinha de tirar o inchaço primeiro,e ela ligou para o seu colega dentista,enquanto o telemóvel dele tocava perguntei várias vezes á doutoura em que dente se encontrava a cárie,e se esse antibiótico cortava o efeito da pílula,e ela não me respondeu.Eu saí do consultório,e tomei o antibiótico,porque as dores também eram muitas.No mesmo dia as dores pioraram,e a minha família disse que os sintomas que eu tinha era impossível ser um obssesso,porque doiam me os ouvidos,a garganta e o lado direito da cabeça,no entanto o fim de semana passou se e eu fui a uma dentista na segunda feira,conclusão da dentista,era o dente do ciso que me estava a fazer uma ferida na bochecha e como estava a apertar todos os outros dentes era normal as dores que eu estava a ter,mas não era obssesso nenhum.Disse me a dentista que eu apenas deveria ter tomado o anti-inflamatório e não o antibiótico.Foi desnecessária a toma do antibiótico,e agora eu não sei se vou engravidar por causa da incompetência,e falta de informação dada pela médica nas urgências.Porque liguei para a linha de apoio á sexualidade para saber se o PENILAN DT cortava mesmo o efeito total da pílula,e a senhora que atendeu disse me que mesmo que eu tivesse cuidado durante a toma do antibiótico ao ter relações,havia probabilidade de engravidar,visto que tive relações antes de tomar o antibiótico,e só isso é o suficiente.Tomei de qualquer maneira a minha pílula habitual,mas também tomei a pílula do dia seguinte.Já foi tarde...Agora daqui a três semanas farei o teste de gravidez,e estou muito confusa,não sei o que farei a mim mesma se o teste for positivo.Não quero dar esse desgosto aos meus pais que tanto esperam de mim! Há realmente a probabilidade de eu engravidar?O que mais posso fazer para evitar isso?