Epilepsia / Gravidez

Tenho 27 anos e tenho epilepsia desde os 9. O que me preocupa agora é em relação á gravidez, ou seja, tenho algum no que diz respeito a uma possível gravidez.
Gostaria de ler testemunhos de mulheres que também têm epilepsia e que já passaram por uma gravidez!!! Quais os procedimentos que tomaram, se tudo correu bem, etc.

Obrigada pela atenção.

RE: Epilepsia / Gravidez

ola,

tenho 31 anos. tambem tenho o mesmo problema. estou a começar a pensar em engravidar e estou a começar ler td sobre epilepsia par me manter informada. sei q n posso ser egoista e ter um filho por querer ter e esquecer o facto de poder ou nao. tomo depakine ha mais de 10 anos e nao tenho crises ha uns 6 anos atrás. tive umas 4 ou 5 crises desde que apareceu a epilepsia, designada por pequeno mal.

contacta-me pois sp é bom poder desabafar c alguem q compreenda a nossa situacao.

bjcs judite

RE: RE: Epilepsia / Gravidez

Olá,

Em outubro marquei consulta com a minha neurologista (Drª Paula Coutinho - Porto), paar poder tirar algumas das minhas dúvidas;
ela diz que em anos anos de experiência nunca teve nenhum caso de gravidez complicada ou de bébes deficiências devido á mãe ter um problema de epilepsia; disse-me que tem imensas mulheres com epilesia e que já foram mães mais que uma vez, sem qualquer problema....isto já é mais tranquilizante....como ela refere só é necessário é ter mais cuidados e fazer mais exames, e hoje em dia está tudo muito avançado...
como já não tenho crises á 4 anos, ela aconselhou-me, antes de engravidar, a tentar largar a medicação, pois seria óptimo engravidar sem tomar nenhuma droga!!! estou desde outubro a fazer o desmame da medicação aos poucos e termino em Abril....depois, se até lá não tiver nenhuma crise, lá para junho (2 meses dp de terminar o tratameto) tentarei engravidar.....
mas agora outra questão tem de ser colocada: e se eu deixo de tomar a medicação, não tenho nenhuma crise até lá, está tudo bem, entretanto engravido e com as alterações que o corpo vai sofrer pode surgir uma crise.....e se tal acontece durante a gravidez? dizem que é muito perigoso....não sei se será melhor continuar a tomar a medicação, numa dose mais reduzida, mas estar mais segura.....existe sempre algo que nos coloca a cabeça num oito, mas eu não desanimo e acredito que nada vai acontecer.....as percentagens de complicações nas gravidzes de mulheres com epilesia são muito baixas!!

vai contando a tua experiência....e qualquer coisa conta comigo