endometriose

tenho 23 anos, sou casada, á 1 ano que tento engravidar sem sucesso algum, em janeiro foi-me diagnosticada uma endometriose mas não me explicaram correctamente o que é, gostaria que informassem tudo a respeito desta doença.
obrigado.

RE: endometriose

A endometriose, diagnosticada através de um exame invasivo conhecido como laparoscopia, constitui-se de focos de endométrio (um tecido que reveste a cavidade uterina) localizado em outros locais, na pelve feminina. Como eles vão parar lá é ainda assunto de muita discussão; uma das teorias mais aceitas é de que, durante o período menstrual, algum sangue, juntamente com células do endométrio, refluiria através das trompas uterinas, indo parar na pelve, onde se fixariam. Aparentemente isso ocorreria em todas as mulheres que menstruam, mas a endometriose só iria desenvolver-se naquelas com falha no mecanismo de faxina destas células (sistema imunológico). A partir daí, a cada ciclo menstrual haveria uma estimulação hormonal desses focos, desenvolvendo-os e provocando dores durante o período menstrual, às vezes durante as relações sexuais, micção, evacuações, dependendo do sítio onde se nidaram os focos de endometriose.
Acredita-se que a endometriose dificulta o processo de fecundação devido a produção de substâncias que impedem trajeto/nidação do ovo.

MARINA GUERREIRO escreveu:
-------------------------------
tenho 23 anos, sou casada, á 1 ano que tento engravidar sem sucesso algum, em janeiro foi-me diagnosticada uma endometriose mas não me explicaram correctamente o que é, gostaria que informassem tudo a respeito desta doença.
obrigado.

RE: endometriose

Marina eu sou portuguesa e tambem tenho uma endometriose não sei se es portuesa mas o meu medico aqui em portugal tambem nao me explicou nada de jeito. e eu tenho 24 anos e sou casada há 3 anos. se quiseres adiciona me no msn e vamos falando uma com a outra.

RE: RE: endometriose

Olá Catarina, eu sou portuguesa e em 2004, depois de quase seis meses de dores intensas e de fortes hemorragias, que foram totalmente desvalorizadas pelo meu médico assistente de então, foi-me diagnosticado, no Hospital de Santa Maria, um endometrioma no ovário esquerdo. Para estabelecerem este diagnóstico foi fundamental a análise ao sangue o CA 125, que no meu caso estava elevadíssimo. Fui submetida a uma laparoscopia e o cirurgião consegui-me conservar o ovário esquerdo e aconselhou-me a engravidar o quanto antes, porque a endometriose deve ser encarada como uma doença crónica que causa infertilidade.
Fui operada em Janeiro de 2004 e desde Abril do mesmo ano que tento engravidar, sem sucesso. Dentro em breve vou fazer um exame às trompas (histerossalpingografia) porque na opinião do cirurgião estas devem estar obstruídas com endometriose (aderências). Entretanto sou seguida na consulta de infertilidade do mesmo hospital.
Se aceitas dois conselho insiste com o médico para ele te explicar bem o teu caso de endometriose e se não ficares satisfeita procura uma outra opinião; e se desejas ser mãe realiza o teu desejo o quanto antes, porque a mim foi-me explicado que a endometriose pode causar infertilidade, gravidez ectópica (nas trompas) e abortos.
Boa Sorte.
Sara

RE: endometriose

Olá Marina

eu chamo-me Sílvia, tenho 26 anos e há 3 que me foi diagnosticada endometriose.
Aos 23 anos foi-me detectado um quisto no ovario direito. Tive de ser submetida a intervenção cirurgica para remoção do ovário, uma vez que o quisto era de 10 cms já não se conseguiu salvar esse ovário. Entretanto, em 2004, casei e só agora, em 2006 comecei a tentar engravidar. Estou há seis meses sem tomar a pilula e, quando há 2 semanas fui realizar uma ecografia pélvica, de rotina, soube que o meu ovário esquerdo tem um quisto com 4 cms. Não sei se o meu caso de endometriose é grave, mas presumo que sim, pois só de ter estado 6 meses sem tomar a pilula, o malvado quisto formou-se... :( Esta é uma doença muito ingrata, leio em quase todo o lado que geralmente aparece em mulheres depois dos 30 anos, mas no meu caso, foi bem mais cedo.... Só este ano decidi engravidar porque desconhecia que a endometriose causava infertilidade... a unica coisa que o medico me explicou é que poderiam surgir mais quistos... :( só agora depois de ter aparecido este segundo quisto e por já estar a tentar engravidar há algum tempo e, em risco de perder parte do ovário que me resta, é que fiquei mais esclarecida sobre a doença! Por enquanto ainda não sei o que irei fazer, a minha medica quer enviar-me para o Hospital Sta. Maria para consulta de infertilidade. A verdade é que estou cada vez com menos esperanças de engravidar... pois, já ficou provado que basta deixar de tomar a pilula e aparecem quistos.... :(

RE: Endometriose

Sem querer ser demasiado pretensioso, sugiro que veja alguns artigos publicados começando em http://mundoalimentar.blogspot.com/2006_04_01_mundoalimentar_archive.html , não quero afirmar qualquer solução, apenas que pode passar por esse tipo de filosofia alimentar e nutricional.
Um Bom Natal

Endometriose

Infelizmente este é um problema na vida de muitas mulheres...
Ao ler as vossas experiencias vejo-me a mim própria, o sofrimento fisico e a incapicidade de engravidar também me perseguem há cinco anos e meio, é uma luta constante, as vezes faltam as forças e consequentemente a esperança de uma resolução começa a esmorecer, mas temos que ser fortes e lutar até ao fim!
Desejo as maiores felicidades para todas as mulheres, nunca desistam!
E lembrem-se: não somos menos mulheres, só tivemos a infelicidade de nos sair a sorte grande da endometriose que vamos conseguir vencer!

RE: endometriose

olá,a todas
eu tenho 27 anos foi-me diagnosticado uma endometriose grave,depois de um tratamento sem sucesso fui submetida a uma laparascopia onde correu tudo bem.O meu médico tinha-me dito que em principio iria tirar um ovário,mas não foi necessário,apesar de já ter aderências e 2 quistos em cada ovário correu tudo bem.
Estou a tentar engravidar vamos vêr se vou conseguir,desejo a vocês todas muita sorte e coragem,porque sei para alem das fortes dores que temos é uma angustia muito grande lidar com esta situação.

RE: RE: endometriose

Olá meu nome é Angela tenho 32 anos e com 16 anos tive a minha primeira filha 5 anos depois resolvemos ter outro filho e deixei de tomar a pilula,mas não conseguia engravidar afim de 5 meses começei a ter muitas dores e fui parar as urgencias onde a médica que me assistiu disse que eu tinha um grande quisto no ovario deu-me medicação e marcou uma consulta para vermos o que fazer mas só tive essa consulta 4 meses depois e quando lá fui estava gravida de 6 semanas do meu filho foi uma gravidez muito complicada sempre com muitas dores na zona dos ovarios e a medica dizia que era o peso do bébé eu nem podia andar foram nove meses quase sempre de cama quando o meu filho nasceu foram feitos varios exames mas o (dito) quisto numca mais apareceu continuei sempre com dores mas os exames numca acusavam nada.há 4 anos atras tinha já o meu filho 5 anos fui a uma consulta de rotina e fiz uma ecografia e foi me informado que tinha dois quistos no ovario esquerdo e que teria de ser operada com urgencia pois já eram muito grandes e ainda por cima refilou comigo porque nunca tinha dito que me queixava de dores fiquei possessa pois desde a gravidez do meu filho que me queixava e ela sempre dizia que os exames não era nada fui operada 3 semanas depois foi me retirado o ovario esquerdo e foi me diagnosticado endometriose fiquei muito triste e ao mesmo tempo aparvalhada com tudo o que me tava acontecendo foi uma recuperação muito difissil pois tinha uma grande infeção e os intestinos colados sim foi esta a espresão que a medica utilizou...
1 mes depois da cirurgia fiz novos exames e foi me dito que no ovario direito tinha mais tres quistos e 1 num rim fiquei desesperada pois ainda não tava recuperada e continuava sempre com muitas dores fui a outro medico que foi espetacular esplicou-me o que se passava e mudou a medicação as dores passaram e darante 3 anos estive bem de á 1 ano para cá o medico retirou-me a medicação disse que o tratamento tinha resultado e que os quistos tinham desaparecido fiquei tão contente...mas as dores voltaram...
tenho consulta agora este mes mas tou com medo pois de certeza voltou aparecer não sei o que fazer...

RE: RE: endometriose

Ola silvia.
Eu sou a Nina tenho 24 anos e um filho de 3 anos.
A bem pouco tempo descobri que tenho um quisto no ovario direito,venho a net para ver se acho pessoas que tenham o mesmo problema que eu,procuro apoio moral pois estou a morrer de medo,os medicos dizem que é um problema de mulheres com mais de 30 anos e sem filhos,mais infelizmente somos vitimas destas complicações muito mais cedo.Você não sabe o quanto me sinto bem saber que posso falar sobre isso.
muito obrigada.

RE: RE: RE: endometriose

A sua principal preocupação deverá ser a qualidade da sua dieta regular. É normal preocupar-se com as consequências depois do problema estar evidente. É tambem normal que tambem que os médicos formados na medicina Ocidental que não estão preparados para resolver as origens da maioria das doenças actuais, mas apenas aliviar sintomas e provocar consequentemente outros, digam tais disparates que é normal termos doenças, que poderiam ser perfeitamente evitáveis. Se realmente está interessada em ter uma longevidade saudável veja http://mundoalimentar.blogspot.com