Doença das Vacas Loucas

Bem-vindo(a) ao GAD sobre a Doença das Vacas Loucas.

Aqui pretendemos reunir informação e discutir este importante tema de saúde pública.

Está aberta a discussão...

MNI

RE: Doença das Vacas Loucas

Sou enfermeira e pretendia esclarecimentos acerca da doença, modo de contagio, sintomas,forma de prevenção e urls (se possivel em portugues)para poder investigar.

Aguardo se possivel uma breve resposta.

Atenciosamente

Florinda Magalhães

RE: Doença das Vacas Loucas

Cara Florinda,

O que a leva a pensar que a Doença da Vacas Loucas já se estendeu a outros animais como porcos, frangos, etc? Ainda não há dados que indiquem nesse sentido, tanto quanto sei...

Os sintomas, a existirem, seriam, provavelmente, semelhantes aos da doença na vaca, ou seja, perturbações neurológicas manifestadas em comportamentos bizarros, perdas de equilíbrio, etc.

M. Jorge Guimarães

RE: Doença das Vacas Loucas

Acho que a doença das v.loucas já se estentem aos frangos,cabritos, borregos, porcos e outros animais. Gostaria de saber se há alguma maneira de saber se os animais contaminados, estando a doença no estado de incubação, são possiveis de detectar.

MNI escreveu:
-------------------------------
Bem-vindo(a) ao GAD sobre a Doença das Vacas Loucas.

Aqui pretendemos reunir informação e discutir este importante tema de saúde pública.

Está aberta a discussão...

MNI

RE: Doença das Vacas Loucas

Curiosamente o receio da Florinda foi amplamente divulgado ontem na comunicação social. Há-de haver uma altura em que não porderemos comer nada. É possível esta situação degenerar numa epidemia?
É verdade que o Homem só contrai a doença das vacas loucas se consumir continua e repetidamente carne contaminada?

Obrigado

RE: Doença das Vacas Loucas

Não sei se existe realmente uma forma de detectar a doença no estado de incubação. Eu optei por não comer carne de vaca. Se a doença entretanto se disseminar è mais complicado pois terei de restringir ainda mais a minha dieta. O que é importante é que as pessoas se convençam que o perigo de contaminhação é real. Outro dia, ao comprar a comida para os meus cães pedi ração que não tivesse carne de vaca e o dono da loja que me perguntou a razão ainda teceu uns comentários do género: Cá não há nada disso e A carne é toda boa. Outro indivíduo que estava também na loja disse que conhecia alguém que tinha embriagado as vacas antes de as matar e que depois apresentou as cabeças para colher a indemnização correspondente. Essas pessoas estão a tirar proveito de uma situação, que em si mesma é dramática, sem quaisquer escrúpulos.

RE: Doença das Vacas Loucas

A BSE nos humanos é chamada a doença Creutzfeld-Jakob e ela tem um estado de incubação que pode ir até 25 anos, por isso a epedemia pode estar aí, depois de declarada a esperança de vida vai até 2 anos.
O que nos vale é que ela não é herditaria, pois segundo se sabe a doença é provocada por uma protaina,e estas não têm ADN.
Temos mas é que nos preocupar que os bovinos infectados são todos icenerados e não vendidas, as carcaças, as industrias de rações e productos similares, daí secalhar os outros animais como eu me referi noutra mensagem, possam estar infectados (e estão)como foi referido na noticia da televisão.

RE: Doença das Vacas Loucas

a única forma actual de não correr riscos é eliminar a carne da dieta, e quando se fala em carne não é apenas a de vaca...mas valerá agora a pena esta restrição tão absoluta, quando é sabido que o período mais crítico, em que mais vacas loucas entraram no circuito comercial foi entre 1988 e 1996?

Pergunta sobre Doença das Vacas Loucas

Olá , gostaria de saber como se fazem os testes rãpidos para detectar nos efectivos a existencia de BSE.No humanos detecta-se atraves de biopsia cerebral, o mesmo se utiliza para as vacas?
Agradeço desde já a vossa resposta