Cabeças no congelador

Há uns meses lembro-me de ver no Discovery Channel uma reportagem sobre uma clínica nos estados unidos que congela pessoas para um dia, quando houver tecnologia para isso, descongelá-las e dar-lhes uma esperança de vida maior.

A maioria dos clientes que paga por tal serviço são principalmente pessoas de idade e com problemas de saúde.

Para quem não tiver muito dinheiro, supostamente congelam só a cabeça, e esperam que haja tecnologia para dar um novo corpo á pessoa.

Embora isto me pareça uma das maiores tangas logo a seguir á venda de lotes no céu por certa igreja, garanto-vos que não estou a brincar nem a inventar.

O processo de congelamento, ao cristalizar as células, não as destrói? Será que alguma vez será possível descongelar uma pessoa e fazê-la viver novamente?

RE: Cabeças no congelador

Caro Elcritico,

Fez-me rir a sério quando falou da tanga de comprar lugares no céu.

Eu também vi um programa semelhante há uns tempos quando trabalhei nos Estados Unidos.

Nesse programa, faziam, de facto, congelamento de corpos. Lembro-me que durante a filmagem fizeram uma demonstração. Estavam a mostrar a passagem de corpos para temperaturas progressivamente mais baixas. Foi então que houve um problema com um dos guindastes que levaria um homem para um tanque de azoto líquido e aquele atraso poder-lhe-à vir a custar muito caro! Eu sei que não devia estar a brincar com isto mas não consigo parar de rir...

Agora falando a sério.
Há grupos muito sérios de investigadores que procuram identificar as moléculas que permitem a certas espécies de rãs da floresta e a certos insectos, como alguns grilos, congelarem e descongelarem mantendo-se vivos.

Estes animais parecem ter encontrado uma maneira de sobreviver a temperaturas baixissimas. A ideia é identificar essas moléculas que permitem que o processo de congelação decorra sem destruição das células por perfuração das membranas que as protegem por cristais de gelo- exactamente como disse.

Eu acredito que viremos a identificar estes anticongelantes biológicos e penso que aí estará outra revolução.

A propósito de revolução, ouviu hoje nas notícias que investigadores americanos conseguiram ultrapassar a velocidade da luz? Talk about back to the future!

M. Jorge Guimarães