ALERT® ADMISSION DISCHARGE AND TRANSFER (ADT)

O ALERT® ADMISSION, DISCHARGE AND TRANSFER (ALERT® ADT) é o software administrativo do ALERT® usado para gerir a admissão, alta e transferência de pacientes.

O ALERT® ADMISSION, DISCHARGE AND TRANSFER (ALERT® ADT) é o software administrativo do ALERT® usado para gerir a admissão, alta e transferência de pacientes.


Principais características:
•    Pesquisa de pacientes através de diversos filtros - incluindo nome, morada, documento identificativo, data de nascimento, número de utente, data de admissão e de alta (os atributos podem variar de acordo com o produto/mercado)
•    Integração com bases de dados nacionais
•    Identificação do paciente - criação e alteração de informação relativa a cada paciente, incluindo, por exemplo: nome, morada, sexo, idade e documento de identificação (os atributos poderão variar consoante o mercado/localização do produto)
•    Mecanismos de prevenção de duplicação de registos através de validação fonética de nomes, sexo, data de nascimento e outros identificadores (ex.: número de segurança social, número de utente, entre outros)
•    Capacidade de identificar um paciente de forma unívoca através de uma base de dados MPI (Master Patient Index)
•    Capacidade de correlacionar pacientes entre diferentes instituições através do sistema PIX (Patient Identifier Cross-Referencing)
•    Fusão de pacientes - fusão de dois processos para o mesmo paciente - sempre que um processo é criado por engano; a fusão implica a associação de dados de ambos os processos
•    Verificação e validação de seguros
•    Admissão de pacientes - documentação de dados relacionados com o episódio que levaram o paciente a procurar a instituição (ambientes de urgência e internamento)
•    Grelha de pacientes – organizada de acordo com a data de admissão, localização, especialidade médica e quarto, entre outros
•    Acompanhamento do paciente desde a criação do episódio até à alta - incluindo tempo gasto em cuidados de saúde, localização, tarefas requisitadas e concluídas, fornecimento de informação em tempo real (tal como localização do paciente no serviço e tempo em espera) para familiares ou acompanhantes do paciente
•    Alta administrativa - fim de episódio no sistema ADT
•    Gestão de recursos disponíveis através de visão geral sobre os serviços em tempo real:
     o    Gestão de agendas para consultas , intervenções cirúrgicas e meios complementares de diagnóstico e terapêutica (MCDT) dos vários serviços hospitalares tais como: agendamento, reagendamento, cancelamento e não comparência em consultas; pedidos de consulta e instruções para pacientes relativamente a consultas e MCDT
     o    Gestão em back office de profissionais, agendas, indisponibilidades, vagas, planos de saúde, motivos de acesso a um episódio, etc.
     o    Gestão de listas de espera para Internamento e Bloco Operatório com estabelecimento de prioridades com base em critérios de gravidade, patologia e ordem de entrada
     o    Gestão de pedidos de consultas e de MCDT para instituições externas e diferenciação entre o que é feito dentro e fora da instituição

Funcionalidades adaptadas para os seguintes mercados: Brasil, Chile, Kuwait, México, Portugal, Suíça, Reino Unido e Estados Unidos.