Relações Sexuais sem preservativo podem acelerar Cancro do Colo do Útero

Trabalho publicado no “Journal of Endocrinology and Human Reproduction"

23 maio 2007
  |  Partilhar:

As relações sexuais sem preservativo podem acelerar o avanço do Cancro do Colo do Útero, devido à elevada concentração no sémen de prostaglandinas, segundo uma investigação publicado na revista médica "Journal of Endocrinology and Human Reproduction". Uma equipa de cientistas do Medical Research Council, do Reino Unido, dirigido por Henry Jabbour, descobriu que o tumor se desenvolvia na presença dessas substâncias. As prostaglandinas encontram-se em todos os tecidos dos mamíferos, com excepção dos glóbulos vermelhos. Estas substâncias também se encontram de forma natural nos órgãos reprodutores femininos, mas a sua presença é até mil vezes mais concentrada no sémen, revela o estudo. Os investigadores examinaram os efeitos das prostaglandinas no crescimento de tecido canceroso. "O que demonstrámos é que os níveis dos receptores - moléculas da superfície celular ou do citoplasma -para a prostaglandina eram elevados nesses cancros. Esse elevado nível do receptor conduz ao crescimento do tumor", explicou o cientista. "Mesmo que bloqueemos a síntese (produção) de prostaglandinas nos órgãos reprodutores, tal não impede a evolução do tumor, se a mulher tiver uma vida sexual activa", acrescentou. Por isso, está demonstrado que é a prostaglandina presente no sémen que causa o crescimento do tumor. O especialista recomenda às mulheres que possam sofrer este tipo de tumores que utilizem preservativos nas suas relações sexuais. MNI-Médicos Na Internet

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentário

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.