Prémios Nobel 2002

Abertura com atribuição do prémio da Fisiologia/Medicina

01 Outubro 2002
  |  Partilhar:

A época Nobel 2002 vai começar a 07 de Outubro em Estocolmo com o anúncio do prémio da Fisiologia/Medicina, que deverá ocorrer a partir das 11:30 horas locais (10:30 em Lisboa).
 

 

Depois do Nobel da Fisiologia/Medicina, seguir-se-ão o da Física, a 08 de Outubro, a partir das 11:45 (10:45 em Lisboa) e, a 09 de Outubro, o da Química, a partir das 11:45 (10:45) e, no mesmo dia, o das ciências económicas em memória de Alfred Nobel, a partir das 15:30 (14:30).
 

 

O Nobel da Paz será anunciado em Oslo, a 11 de Outubro, a partir das 11:00 (10:00).
 

 

A data do anúncio do Nobel da Literatura pela Academia sueca será revelada mais tarde, mantendo a tradição da Fundação Nobel, que atribui estes galardões desde 1901.
 

 

Os prémios terão uma dotação de 10 milhões de coroas suecas (cerca de 220 mil contos, pouco mais de um milhão de euros), o mesmo valor registado em 2001.
 

 

A Fundação Nobel patrocina os prémios de Fisiologia/Medicina, Física, Química, Literatura e Paz, e o Banco central da Suécia (Riksbank) o das ciências económicas.
 

 

A cerimónia de entrega dos prémios terá lugar, como habitualmente, a 10 de Dezembro, dia do aniversário da morte de Alfred Nobel em San Remo (Itália), em 1896, que instituiu os prémios no seu testamento redigido um ano antes em Paris.
 

 

Em 2001, o prémio Nobel da Medicina distinguiu o norte- americano Leland H. Hartwell (62 anos) e os britânicos Timothy Hunt (58) e Paul M. Nurse (52), por trabalhos que permitem compreender melhor o processo de divisão celular e que aproximam o homem do controlo do cancro.
 

 

O médico e cientista português Egas Moniz foi galardoado em 1949 com o Prémio Nobel da Medicina pela descoberta do "valor terapêutico da lobotomia", hoje contestado pelos meios médicos.
 

 

O Nobel da Física foi atribuído em 2001 ao alemão Wolfgang Ketterle (43 anos) e aos norte-americanos Eric Cornell (39) e Carl Wieman (50), por recriarem em laboratório um novo estado da matéria, o condensado Bose-Einstein.
 

 

O galardão relativo à Química distinguiu há um ano os norte- americanos William Knowles (84 anos), Barry Sharpless (60) e o japonês Ryoji Noyori (63), três cientistas que lograram sintetizar moléculas e matéria com novas propriedades, com aplicações na indústria farmacêutica na elaboração de antibióticos, medicamentos anti-inflamatórios e para o coração.
 

 

Em 2001, o prémio Nobel da Economia do Banco da Suécia foi para os norte-americanos George Akerlof (61 anos), Michael Spence (58) e Joseph Stiglitz (58), pelas análises de mercados com informação assimétrica produzidas por estes autores.
 

 

O escritor britânico Vidiadhar Surajprasad Naipaul, nascido em Trinidade-e-Tobago, recebeu o Prémio Nobel de Literatura 2001, um galardão atribuído em 1998 ao português José Saramago.
 

 

O Prémio Nobel da Paz 2001 foi atribuído conjuntamente às Nações Unidas e ao seu secretário-geral, Kofi Annan, "pelo seu trabalho a favor de um mundo mais bem organizado e mais pacífico", segundo o comité Nobel norueguês.
 

 

Mais informações sobre os prémios Nobel podem ser encontradas na Internet, no endereço http://www.nobel.se.
 

 

Fonte: Lusa
 

 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentário

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.