ALERT promove workshop de guru em Oracle PL/SQL
21 setembro 2009
  |  Partilhar:

O que é um guru?
 

Etimologicamente um guru é um mestre espiritual hindu mas, nos dias de hoje, a expressão é utilizada para referir uma sumidade em determinada matéria, alguém dono de um conhecimento superior que consegue traduzir em palavras sábias o que todos querem interiorizar. Palavras ou códigos-fonte, dependendo da matéria.
 

Esse conhecimento superior manifesta-se, muitas vezes, em um comportamento distante e inacessível. Não, no caso de Steven Feuerstein. Apesar de ser reconhecidamente um dos maiores especialistas mundiais em Oracle PL/SQL, apesar de correr, literalmente, o mundo em conferências, workshops e palestras, apesar de ser autor de mais de dez livros sobre o assunto pelo qual se assume obcecado, Steven entrou na ALERT, na tarde do dia 21 de Setembro, com toda a humildade de quem ensina para aprender.
 

Disponível e amável, Steven declarou-se “realmente impressionado com a atenção ao detalhe e a dedicação à qualidade” que viu na empresa. Fazendo alusão à nossa fórmula de dupla verificação, afirmou que “trabalhar em uma área de vida ou morte não dá margem para erros”.
 

Durante a visita às instalações, Steven mostrou um interesse genuíno pelo trabalho que está sendo desenvolvido pelos nossos colaboradores: “Pelo que vi até agora e pela qualidade das perguntas que já me fizeram, vocês estão trabalhando no mais alto nível. Querem explorar ao máximo as potencialidades da minha ferramenta e isso é fantástico. Espero poder passar parte do que tenho aprendido à equipe de desenvolvimento da ALERT e contribuir para melhoria do trabalho.”
 

A sala de conferências do Mercure Porto Gaia Hotel estava cheia com cerca de 120 colaboradores da ALERT que não quiseram perder a oportunidade de estar pessoalmente com o autor. Mesmo assim, a atmosfera era de grande proximidade e descontracção, dado o estilo informal e cativante do orador, que se assumiu, logo desde o início, como “um de nós”.
 

Durante mais de duas horas, Steven Feuerstein falou da sua “obsessão”, partilhou conhecimento com grande generosidade e mostrou-se totalmente receptivo a questões. No final, a assistência estava rendida e grata. Nada como aprender com os melhores!

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentário

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.