ALERT® OUTPATIENT arrancou no Centro de Promoção da Saúde Unimed – Unidade Pedro I, Brasil
09 abril 2013
  |  Partilhar:

A versão 2.5.1.8.2 do ALERT® OUTPATIENT arrancou no Centro de Promoção da Saúde Unimed - Unidade Pedro I, no dia 18 de Março de 2013. Ao todo, 9 unidades da Cooperativa utilizam o programa.

 

O Novo Centro de Promoção da Saúde integra a rede de Serviços Próprios da Unimed-BH e está localizado na região norte de Belo Horizonte, onde a Cooperativa possui mais de 390 mil clientes. No local, são oferecidas consultas com hora marcada, exames laboratoriais e de imagem.

 

Com capacidade para realizar 46 mil atendimentos por mês, a unidade possui 58 consultórios médicos e oferece 15 especialidades (Cirurgia Geral, Clínica Médica, Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria, Acupuntura, Anestesiologia, Cardiologia, Dermatologia, Endocrinologia, Medicina Geral e Familiar, Neurologia, Oftalmologia, Ortopedia, Otorrinolaringologia e Urologia). O serviço contempla também um laboratório e um Centro de Radiologia e Exames, com raios X e ultrassom.

 

Com 1,13 milhões de clientes na sua carteira, a Unimed-BH é a maior operadora de saúde fora do eixo Rio - São Paulo, sendo líder em Minas Gerais. Por ano são realizados 6,7 milhões de consultas médicas, 133 mil internamentos, 1,3 milhões de atendimentos de urgência e 15,2 milhões de exames e terapias complementares.
 


 

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 1 Comentário

uxWdddHlcMYYykAYU

Que discurso!Esse termo DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL, que utiltamenme vem escancarado em manchetes, em foruns de discussao, em discursos politicos/ambientais, soa como uma musica de ninar nos ouvidos desinformados, pois nada mais significa do que um grande discurso demagogo.Enquanto plantamos arvores (principamente eucaliptos que acabam com os filetes e pequenos cursos dagua), por outro, desmatamos a amazonia inteira para a criacao de gado e para os europeus e norte-americanos, alem de outros magnatas pelo mundo, construirem moveis luxuosos com a madeira que a natureza levara anos para recompor.Fingimos crescer sustentavelmente, mas nao paramos de usar a tecnologia para matar nosso proximo. Estudamos anos e anos, para poder otimizar o processo de enriquecimento de uranio, para construir bunkers, misseis, armas biologicas, para combater um inimigo que na realidade nunca existiu. Ja disse Jesus, que continuemos a amar nossos inimigos. Sera que fazemos isso?Acreditamos estar alimentando melhor, enquanto nos laboratorios os transgenicos e os alimentos sinteticos nao param de ser produzidos. E consumimos isso como se fossem alimentos.Pensamos que contribuimos com o planeta, plantando uma muda de jacaranda ou pau brasil no parque, mas nao vamos sequer no mercadinho do bairro a pe, preferimos o carro, gastando e poluindo o meio ambiente.Repudiamos a cidade suja, criticamos as autoridades competentes, mas permanecemos inertes quando nossos filhos jogam um papel de bala no chao. Pior ainda, nos jogamos lixo no chao e damos o pior exemplo possivel.Sinicamente, debatemos e concordamos com leis de preservacao ambiental, porem fechamos os olhos para as multinacionais que vem, levam nossas riquezas naturais, agridem nossa fauna, acabam com nossa flora, e ainda fazem marketing de que estao gerando empregos. E nos, batemos palmas para o que se classificam como desenvolvimento sustentavel.E inadimissivel, nao acredito que possamos aliar tecnologia e desenvolvimento a preservacao da raca humana e o meio em que vivemos. Sao variaveis inversamente proporcionais. Quanto mais o ser humano estiver aliado com a tecnologia, mais estara afastado da qualidade de vida e preservacao do meio ambiente.Ne3o e9 o planeta que este1 ameae7ado. Somos nf3s. Ne3o fazemos nem cf3cegas ao planeta.

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.