ALERT® adquire Certificado de Interoperabilidade IHE

Testes em tempo real comprovaram a capacidade de interligação do ALERT® com outros softwares utilizando standards internacionais, valendo-lhe o Certificado de Interoperabilidade IHE

17 fevereiro 2006
  |  Partilhar:

O ALERT® acaba de obter a declaração IHE (Integrating the Healthcare Enterprise Statement). Ficou comprovado, através da realização de testes em tempo real, que o ALERT® pode integrar ou ser integrado com outros softwares internacionais utilizados nos serviços de saúde. Este status foi reconhecido no decorrer da IHE-Connectathon, um evento que oconteceu nos Estados Unidos da América no passado mês de Janeiro, e evidenciado agora em San Diego, no Interoperability Showcase da conferência anual de 2006 da Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS). 

 

A IHE-Connectathon é um evento onde se reúnem vários fornecedores de software para a saúde, para simular, em tempo real, casos práticos de ambientes hospitalares e de saúde. Estas simulações permitem testar as capacidades de interoperabilidade, utilizando standards internacionais, dos diferentes softwares que geram e trocam informação sobre procedimentos e tratamentos clínicos. 

 

A IHE-Connectathon é uma iniciativa promovida por profissionais e empresas da área da saúde, em que participam empresas líderes de mercado em sistemas de informação, tendo como objetivo melhorar a forma como os referidos sistemas partilham e integram, entre si, a informação. Promovendo a coordenação de regras standard tais como a DICOM, LOINC e HL7, os sistemas que são desenvolvidos de acordo com a iniciativa IHE comunicam melhor entre si, são mais fáceis de implementar e permitem que os profissionais da saúde possam utilizar a informação de forma mais eficaz. 

 

A obtenção da declaração IHE é o resultado de um longo e intensivo processo de colaboração e comunicação entre as diferentes entidades envolvidas, obrigando ao cumprimento de quatro etapas. Em uma primeira fase, as empresas identificam potenciais problemas de integração do software, trabalho realizado em colaboração com clínicos e especialistas em tecnologias da informação. Em seguida, são definidas as especificações de integração necessárias em cada caso, de acordo com regras técnicas definidas pela IHE-Connectathon. A terceira etapa engloba a implementação das especificações definidas e a realização de testes no decorrer da IHE-Connectathon. Se os softwares ultrapassarem estes testes com sucesso, passam a poder utilizar a nomenclatura IHE e a apresentar os perfis de integração definidos e utilizados pelos seus produtos. 

 

Na última edição da IHE-Connectathon, no passado mês de Janeiro, foram testados 140 sistemas de 59 empresas participantes. Do total de sistemas testados, 51 sistemas, entre os quais o ALERT®, participaram no Interoperability Showcase, inserido na Conferência e Exposição da Healthcare Information and Management Systems Society (HIMSS), que se realizou entre 12 e 16 de Fevereiro, em San Diego, nos EUA. 

 

A MNI, empresa que desenvolveu e comercializa a suite de produtos ALERT®, foi a única empresa ibérica presente e obteve a qualificação para o Interoperability Showcase do HIMSS nas primeiras provas que realizou. Além disso, um dos colaboradores da MNI, Catherine Glenz, foi docente do Interoperability Showcase. A aposta pela integração de normas internacionais é uma prática que a MNI tem adotado, desde sempre, e que, agora, vê reconhecida.

Partilhar:
Ainda não foi classificado
Comentários 0 Comentário

Comente este artigo

CAPTCHA
This question is for testing whether you are a human visitor and to prevent automated spam submissions.
Incorrecto. Tente de novo.
Escreva as palavras que vê na imagem acima. Digite os números que ouviu.