Estudo publicado na revista “Nature Communications”

Um estudo recente apontou que metade dos pacientes com dor crónica poderão ser tratados com comprimidos de açúcar de forma tão eficaz como um analgésico poderoso.
 
O resultado do estudo efetuado por um grupo de investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade Northwestern, EUA, sugere assim que os médicos deveriam pensar em tratar aqueles pacientes com um placebo, em vez de um fármaco potente.

Estudo publicado na revista “Science Translational Medicine”

Estudo publicado na “Frontiers in Immunology”

Considerações do especialista Lawrence Haddad

Procedimento efetuado no CHUC